Home / Notícias Corporativas / Saúde mental em 2023 deve seguir como ponto de cuidado

Saúde mental em 2023 deve seguir como ponto de cuidado

Nos últimos anos as doenças psicológicas ganharam grande importância, devido a pandemia de Covid-19, e nesse ano de 2022 houve a retomada das atividades. Durante o início do novo ano é importante manter a atenção na saúde para garantir a qualidade de vida e fatores relacionados a saúde mental devem ser considerados também, conforme aponta psicólogo.

Cerca de 53% dos brasileiros notaram um agravamento da própria saúde mental, segundo a pesquisa realizada entre abril de 2020 e abril de 2021 do Instituto Ipsos. Sintomas de ansiedade também se tornaram mais recorrentes no país, que já era o mais ansioso do mundo, de acordo com a OMS.

Para o psicólogo e CEO da plataforma Fepo, Felipe Laccelva, acredita que 2023 pode favorecer os cuidados com a saúde mental: “Apesar de retomarmos a uma rotina normal, a pandemia nos trouxe grande aprendizado sobre como a saúde mental é importante para que possamos ter qualidade de vida, assim nesse ano que se inicia é importante dar atenção a ela”, comenta.

Como cuidar da saúde mental em 2023?

É necessário adquirir novos comportamentos por meio de novos hábitos no dia a dia. Além de ser fundamental as consultas com um especialista, há outras atitudes que podem contribuir. Abaixo, o Felipe lista três dicas para cuidar melhor da saúde mental no próximo ano, são elas:

  1. Ter um tempo de lazer para se divertir;
  2. Praticar atividades físicas regularmente;
  3. Limitar o uso do celular.

Além disso, há outras atividades também benéficas, mas como ressalta Laccelva, “é importante buscar atividades que a pessoa tenha prazer”.

O que uma nova onda de Covid-19 pode causar com o emocional da população?

No mês de novembro, uma nova variante apareceu e tem causado receio no Brasil, trazendo à tona o medo de uma nova onda de transmissão do vírus. Com isso, em algumas cidades já é obrigatório o uso de máscara em transportes públicos.

Assim, ressalta o psicólogo “a ajuda de um profissional é fundamental para evitar os mesmos impactos na nossa saúde emocional, aliados ao autoconhecimento e ao autocuidado são formas eficazes de conseguir atravessar esse novo momento, sem tantos danos como foi durante os últimos anos”.

É recomendável procurar um psicólogo ou médico caso perceba que não esteja bem.

 

 

About DINO

Check Also

Empresa explica sobre como evitar a queda de tensão

A queda de tensão é um problema que pode causar diversos transtornos para a instalação …