Home / Comportamento / Consumo de salgado como refeição aumenta risco de câncer

Consumo de salgado como refeição aumenta risco de câncer

Como parte dos alertas do Dia Mundial de Combate ao Câncer (08/04), a Hemomed Oncologia e Hematologia destaca o hábito alimentar dos brasileiros que trabalham fora de casa e podem fazer aumentar os riscos para vários tipos de tumores. De acordo com informações da Kantar, especialmente trabalhadores das classes C e D estão consumindo mais salgados e lanches no lugar da refeição na hora do almoço como forma de se alimentar.

O alerta aponta para os chamados snacks que têm sido opção para café da manhã e lanche da tarde – entre 2019 e 2022, 89% do aumento de consumo de salgados ocorreu nestas ocasiões. Enquanto isso, houve uma retração de 61% no mesmo período para refeições clássicas no almoço.

Para o oncologista Hélio Pinczowski, da Hemomed, os casos de câncer de intestino não só têm aumentado como estão atingindo pessoas mais jovens. E as causas indicam, primeiramente, estilo de vida não saudável, além das questões de hereditariedade. “A prevenção dessas doenças passa pela mudança dos hábitos alimentares, com redução dos alimentos ultraprocessados, carne vermelha e redução da ingestão de gorduras e sal”, diz o oncologista.

Os últimos indicativos do Instituto Nacional do Câncer (INCA) apontam para novo salto de casos de tumores para a estimativa do triênio 2023-2025, período para o qual são esperados mais de 700 mil diagnósticos por ano.

Para os especialistas, está mais que provado que é a alimentação saudável, baseada em ingredientes naturais e rica em fibras, que irá contribuir não apenas para garantir índices adequados de nutrientes, mas também evitar o surgimento de doenças como o câncer.

Portanto, o oncologista da Hemomed reforça a importância que, ainda que o fator financeiro não contribua para que o trabalhador opte por alimentação completa e saudável ao fazer refeição fora de casa, que seja possível investir na produção da própria marmita, incluindo legumes e verduras – podem ser cozidas -, uma proteína e a boa e clássica combinação do arroz com feijão.

“É possível economizar e garantir alimentação saudável, levando a refeição de casa em opção a salgados e alimentos ultraprocessados para almoçar fora de casa. O que está em risco é a saúde do trabalhador e o desenvolvimento de doenças graves como o câncer”, alerta o médico.

About DINO

Check Also

STF amplia licença-maternidade para trabalhadoras autônomas

Uma nova decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) ampliou, por seis votos a cinco, o …