Home / Notícias Corporativas / Qual o papel do líder para a formação de times de alta performance?

Qual o papel do líder para a formação de times de alta performance?

Em média, um a cada três líderes das 100 melhores empresas para trabalhar apontadas pela FIA (Fundação Instituto de Administração) tem o perfil conhecido como inspirador, segundo o estudo Estilos de Liderança. 

Claudio Zanutim, que é comunicador, palestrante, trainer internacional, professor e fundador da IC-Educ Educação Corporativa, observa que muito se fala sobre as habilidades necessárias para que um time alcance o sucesso de maneira efetiva, mas poucas pessoas param para pensar que a atuação do líder influencia diretamente para que o profissional chegue a este patamar. 

“Aumentar o desempenho dos profissionais, desenvolver suas habilidades e mantê-los motivados e engajados com os valores da empresa pode tornar-se uma tarefa bastante árdua quando não se conhece os melhores processos para isso”, afirma Zanutim.  “O líder deve ensinar e inspirar as pessoas para alcançarem os resultados, com a habilidade de colocar gente certa, no lugar certo e fazendo a coisa correta.”.

A seguir, a matéria organizou oito competências consideradas que, na visão do comunicador, são cruciais para todo líder que almeja o sucesso profissional:

  1. “Ser um ‘você’ de alta performance”

“Dificilmente um ‘você’ com desempenho mediano conseguirá exercer o cargo de gestão com efetividade. O líder é escolhido por meio de um histórico de alto desempenho e experiência. Ao atingir a meta por diversas vezes ao longo de sua carreira de maneira consistente, você será respeitado por ter construído uma carreira coerente”, afirma.

  1. Ter integridade

Segundo Zanutim, é comum deparar-se com situações em que é necessário tomar decisões rapidamente. Nos casos em que essa decisão não for tomada com ética e integridade, é provável que o resultado seja afetado de maneira negativa. “Os times devem receber este estímulo por parte do líder e, com certeza, eles se sentirão mais confiantes em trabalhar ao lado de alguém honesto e que seja conhecido por seguir os caminhos corretos.”

  1. Servir a equipe

Um líder-gestor bem-sucedido deve se conectar com a equipe para compreender suas necessidades pessoais e profissionais, destaca o palestrante. “O líder, antes de servir a si mesmo, deve se preocupar com o time. Ele promove altos níveis de satisfação, fazendo com que os liderados trabalhem motivados, atinjam metas desafiadoras, sejam mais felizes, comprometidos e saudáveis, física, mental, intelectual, emocional e espiritualmente.”

  1. Ser o maior exemplo

Para que as equipes sejam comprometidas com suas funções, é importante que o exemplo seja passado pelo líder, pois exigir posturas que não são seguidas pelo próprio líder dificilmente serão respeitadas pelo time, explica Zanutim.

  1. Investir em treinamentos

“Liderados sem conhecimento técnico dificilmente passarão confiança em negociações e não terão êxito nas tarefas. Profissionais de alta performance bem treinados são capazes de entregar mais resultados duradouros e de qualidade”, pontua o trainer internacional. “O treinamento leva à disciplina, que deve ser apoiada por obstinação e determinação.”

  1. Desenvolver estratégias

O planejamento estratégico é um pilar essencial para obter resultados, servindo como base para identificar o melhor caminho e direcionar os times nos processos operacionais diários, ensina Zanutim. “A ausência de planejamento pode levar uma equipe ao fracasso: procure dedicar-se ao desenvolvimento de um planejamento estratégico com base em dados de confiança e definir com clareza as metas que espera da equipe.”

  1. Construir e definir objetivos e metas atingíveis

“As metas são indispensáveis para o sucesso de qualquer organização, pois mantém o time sempre motivado”, assegura o professor. “Para que essa questão funcione, o líder precisa estipular metas realistas, planejar e analisar detalhadamente os números do mercado atual para se chegar em um índice tangível”, articula.

  1. Encorajar a equipe a crescer

Ainda que as áreas sejam consideradas competitivas, o papel do líder é encorajar a equipe de modo que ela cresça de forma saudável e sustentável, afirma Zanutim. “Uma das principais atribuições gerenciais é formar novos líderes. Quando a mentalidade do time segue essa linha, o ambiente de trabalho fica mais harmonioso e o desempenho se torna ainda mais proveitoso. E teremos pessoas mais saudáveis”.

Para concluir, o fundador da IC-Educ Educação Corporativa afirma que um líder deve manter cada colaborador empenhado e comprometido com os resultados, com ética e aprendizado constante, com o cliente e com a empresa. “Um bom gestor é, acima de tudo, um líder eficaz, então busque a excelência em seus relacionamentos interpessoais”, finaliza Zanutim.

Para mais informações, basta acessar: https://workshop.claudiozanutim.com.br/ 

About DINO

Check Also

Abertas as indicações para o Prêmio MIDORI de Biodiversidade 2024

Com o objetivo de incentivar ações positivas em prol da biodiversidade e inspirar outras pessoas …