Home / Notícias Corporativas / Detox pode contribuir para o combate às contaminações do corpo humano

Detox pode contribuir para o combate às contaminações do corpo humano

Detox vem do processo de limpeza celular e combate aos radicais livres feito principalmente pelo fígado, que é responsável por filtrar as impurezas e detoxificar o corpo, eliminando toxinas. O corpo humano se assemelha a um veículo, o qual é abastecido frequentemente com um combustível que possui impurezas e, por isso, existe um filtro (principalmente o fígado) para eliminá-las e evitar que o motor seja danificado.

É perceptível que nos dias atuais, os seres humanos vivem cercados por um ambiente que os contamina constantemente, sendo que tais toxinas são encontradas de diversas formas, tais como: a poluição diária, a poeira da faxina, bem como o consumo de álcool, tabagismo, conservantes, corantes, agrotóxicos, alimentos ultraprocessados, carnes de origem animal carregadas de hormônios prejudiciais ao corpo, cosméticos, tinturas, dentre inúmeras outras substâncias.

Nas palavras do Dr. Lucas Rezende, médico atuante na nutrologia e medicina preventiva: “Uma destoxificação adequada é importante para que não haja sobrecargas inflamatórias, excesso de toxinas e substâncias nocivas. Estamos cercados por um ambiente que nos contamina constantemente e que, a longo prazo, aceleram o envelhecimento, o estresse oxidativo, prejudicam a disposição e aumentam a incidência de doenças crônicas, a qualidade da pele, do cabelo e afetam a saúde de modo geral”.

Cada vez mais tem se falado sobre as dietas detox, que contribuem na destoxificação e melhoria da qualidade de vida. Este tipo de alimentação, pode ser seguida naturalmente por qualquer pessoa. Na mesma linha de raciocínio, o Dr. Lucas Rezende também concorda com a forma natural que estas dietas podem ser realizadas e ainda acrescenta: “Nosso organismo naturalmente já é capaz de realizar a detoxificação, o que pode inclusive ser melhorado através de hábitos diários de estilo de vida saudável e principalmente por meio da alimentação. Desta forma, existem hábitos e alimentos que podem contribuir nessa melhora e no detox do organismo”.

Por outro lado, como existe uma série de protocolos ou dietas focadas e prontas para o Detox, é necessária atenção em casos de pacientes que possuem algum tipo de patologia para que se tenha maior cautela neste processo. Isto porque alguns ativos podem superestimar esse processo de detoxificação, não permitindo a finalizar todas as fases de biotransformação hepática e acumulando ainda mais radicais livres.

Da mesma forma, é recomendável evitar restrições extremas, como ocorre em algumas dietas detox e focar na constância dos hábitos e escolhas saudáveis. A alimentação junto com uma rotina de atividade física e higiene do sono adequada é o principal ponto para otimizar e melhorar a detoxificação do organismo.

É conveniente incluir ingredientes antioxidantes, fontes de vitaminas e minerais neste processo como o abacate, as nozes, leguminosas, gengibre, brócolis, couve, agrião e inseri-los em uma rotina. Também é fundamental no processo de eliminação de toxinas beber água, que é o principal combustível celular para que essas reações ocorram. Um consumo insuficiente de líquidos pode fazer com que o corpo reabsorva as toxinas. A baixa ingestão de líquido, faz com que o corpo acredite estar em um ambiente escasso de água, retendo líquido e gerando a sensação de “inchaço”, assim como dores de cabeça, digestão ruim e intestino lento.

Dr. Lucas R. Rezende

Medicina Preventiva e Nutrologia

CRM/SP 181835

About DINO

Check Also

Empresa explica sobre como evitar a queda de tensão

A queda de tensão é um problema que pode causar diversos transtornos para a instalação …