Home / Cidadania / Aplicativo de mobilidade otimiza a experiência do usuário

Aplicativo de mobilidade otimiza a experiência do usuário

Quem utiliza o aplicativo Cittamobi de mobilidade urbana sabe o quão importante são as  informações precisas e repassadas em tempo real ao usuário. Entendem o valor entregue na certeza de que o ônibus vai chegar no horário informado pelo aplicativo.

É essa certeza, inclusive, que dá confiabilidade ao aplicativo e o faz estar presente em mais de 300 cidades de 16 estados brasileiros.

Para garantir que o cliente tenha sempre uma experiência agradável e prática sempre que usar o aplicativo, o Citamobi está investindo cada vez mais em tecnologia e qualificação profissional da equipe que representa o elo entre os dados informados pelas empresas operadoras e a informação em tempo real enviada ao aplicativo.

“Nós buscamos a experiência mais realista possível para o cliente. Procuramos criar respostas mais rápidas que atendem muito mais rápido do que há um ano atrás. Nosso objetivo é ser o elemento transformador do transporte público no Brasil”, adianta Fred Werneck, CTO do Cittamobi.

Para alcançar o objetivo, o aplicativo promoveu mudanças internas para melhorar a conexão entre usuários, operadores e órgãos gestores nas cidades onde está presente. 

“Passamos a entender que, apesar de dependermos dos dados de terceiros, o problema é nosso sim. Fomos em busca de uma maior eficiência na operação, mesmo o dado chegando desatualizado”, destaca.

Há aproximadamente um ano, o Cittamobi adotou uma estratégia de focar na rápida e eficiente qualificação dos dados enviados pelos operadores. Começou a, de fato, olhar para fora da empresa.

O motor de previsão mais eficiente

A principal aposta para alcançar mais eficiência na informação em tempo real foi o aperfeiçoamento do motor de previsão do aplicativo, que é a materialização do novo modo de pensar do Cittamobi.

“Nós reescrevemos o motor de previsão para que a informação seja mais precisa. Identificando que há um dado desatualizado na operação, nossa equipe – exclusiva para focar nesse problema – atua na coleta correta do dado e o repassa ao usuário. Ou seja, não é apenas a ferramenta, há uma equipe por trás”, explica Fred Werneck.

Diante do dado desatualizado – que deixa o passageiro sem o horário preciso de chegada do ônibus, por exemplo -, a equipe que analisa os dados faz a atualização junto à empresa e realiza a correção da informação. O processo é realizado exatamente no motor de previsão.

“Recebemos dados brutos, estáticos e em tempo real. Colocamos no motor e ele faz a geração em segundos”, diz o CTO.

A informação em tempo real é fundamental

Para quem não sabe, quando o dado da operação não chega em tempo real, o Cittamobi faz a indicação por símbolos e cores da conexão com o GPS (Sistema de Posicionamento Global) instalado no veículo. 

Sabendo a localização exata do ônibus, o tempo de chegada até o ponto de parada é calculado. Caso o coletivo não tenha GPS, o aplicativo dá uma estimativa do horário de chegada, que é calculada pelas próprias empresas de ônibus com base no percurso.

Para saber mais…

Quando o sinal de wifi está VERDE, significa que o Cittamobi está acompanhando o GPS instalado no veículo. Assim, o horário de chegada será atualizado em tempo real.

Quando a cor do wifi é LARANJA, é porque o sinal do GPS está sofrendo interferências. O coletivo gera o dado em tempo real, mas o dado está ficando velho. E, por isso, o horário de chegada pode sofrer alterações para mais ou para menos.

E, quando a cor do sinal de wifi fica CINZA, é porque os veículos não têm GPS instalado. Assim, o horário de chegada é apenas uma estimativa de previsão previamente calculada.

“Por isso, é tão importante a informação em tempo real. É ela que promove uma experiência realista. O quadro estático não reflete a realidade e não promove uma boa experiência ao usuário. Ao contrário. Não posso apenas exibir o estático porque ele pode não condizer com a chegada do veículo por diversos fatores, como trânsito, chuva, atrasos operacionais, etc…”, analisa o CTO da Cittamobi.

Um desafio e tanto para o monitoramento em tempo real de quase 60 mil pontos no Brasil.

About DINO

Check Also

Joe Kiani, fundador e CEO da Masimo, falará sobre IA na Cúpula Global de Segurança do Paciente no Chile

A Masimo (NASDAQ: MASI) anunciou hoje que seu fundador e CEO, Joe Kiani, será um …