Home / Notícias Corporativas / Urologia do Mater Dei Santa Clara trata homens, mulheres e crianças

Urologia do Mater Dei Santa Clara trata homens, mulheres e crianças

Uma pesquisa conduzida pela Sociedade Brasileira de Urologia revela um panorama preocupante sobre a percepção masculina em relação à saúde, destacando que o medo do câncer e da impotência sexual é predominante, com 58% e 37% das respostas, respectivamente. Apenas 32% dos homens acima de 40 anos se consideram muito preocupados com sua saúde, e 46% deles procuram o médico apenas quando sintomas surgem, um número que sobe para 58% entre aqueles que dependem exclusivamente do SUS.

Outro aspecto relevante destacado pela SBU é a disparidade entre os atendimentos urológicos e ginecológicos na adolescência, com meninos sendo atendidos 18 vezes menos que as meninas da mesma faixa etária.

Em resposta à essa demanda por atenção à saúde urológica, o Hospital Mater Dei Santa Clara estabeleceu um serviço especializado em Urologia, oferecendo atendimento e tecnologia de ponta para pacientes de todas as idades. Com cirurgias ambulatoriais e exames especializados, como estudos urodinâmicos e biópsias de próstata, o serviço expande seu alcance também para a uroginecologia, colaborando estreitamente com a equipe de ginecologistas para garantir um cuidado integral e especializado para seus pacientes.

O Dr. Fábio Santos Pereira de Almeida, urologista do Mater Dei Santa Clara, destaca a amplitude do cuidado oferecido no serviço de Urologia do hospital, abrangendo desde a infância até a terceira idade. “Nosso objetivo é oferecer um cuidado holístico e personalizado a cada paciente, desde a infância até a idade adulta. Estamos comprometidos em fornecer os mais altos padrões de qualidade e tecnologia, em todas as nossas intervenções”, ressaltou o médico.

Para as crianças, o urologista avalia o crescimento e o funcionamento dos órgãos sexuais, como o pênis, os testículos e a uretra. Ele também trata de casos de fimose, situação em que a pele que cobre a glande do pênis é muito apertada e dificulta a higiene e a micção. “Outro problema comum é a criptorquidia, que é quando um ou ambos os testículos não descem para o escroto. Essas condições podem ser resolvidas com cirurgias simples e rápidas”, explica Fábio.

Em adultos, é frequente o tratamento de infecções do trato urinário, que podem afetar a bexiga, os rins, a uretra e a próstata. O serviço também oferece suporte para o tratamento das infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), que são doenças contagiosas transmitidas pelo contato sexual sem proteção. 

Outra doença que o urologista atende com frequência é a cólica nefrética, que é uma dor intensa causada por pedras nos rins ou nos ureteres. “O tratamento de cálculos renais é realizado com tecnologias avançadas, como o uso de laser para quebra das pedras, permitindo uma abordagem minimamente invasiva e eficaz”, afirma Fábio.

O especialista alerta que os homens mais velhos devem procurar o urologista para fazer o rastreamento do câncer de próstata. “O câncer de próstata pode não apresentar sintomas no início, por isso é importante fazer exames periódicos, como o toque retal a partir dos 50 anos, e o PSA. Se diagnosticada precocemente, a doença tem boas chances de cura”, reforça o urologista.

Outra condição que afeta os homens mais velhos é a hiperplasia benigna da próstata (HBP), que é um aumento benigno da glândula que comprime a uretra, dificultando a saída da urina, e pode causar sintomas como jato fraco, gotejamento, urgência e aumento da frequência urinária. O tratamento pode ser feito com medicamentos, para relaxar ou diminuir a próstata, ou com cirurgia, para desobstruir o canal.

Outro procedimento realizado pelo serviço é a esterilização masculina (vasectomia), incluindo orientações sobre a saúde reprodutiva masculina, disfunção sexual e andropausa. 

Tecnologia – o Serviço de Urologia do Mater Dei Santa Clara conta com a tecnologia do laser para o tratamento de cálculos renais e ureterais. “O laser é um dispositivo que permite acessar o canal urinário, tanto de homens quanto de mulheres, e fragmentar as pedras com precisão e segurança. O procedimento é minimamente invasivo, sem cortes, e o paciente pode receber alta no mesmo dia ou no dia seguinte, dependendo da anestesia utilizada”, informa Fábio.

O serviço também realiza cirurgias ambulatoriais, que são aquelas em que o paciente pode ir embora no mesmo dia. “No Santa Clara nós oferecemos cirurgia de hérnia e de câncer de próstata, de rim e de bexiga, através da videolaparoscopia. O paciente é submetido à cirurgia através de pequenos orifícios, sem cortes grandes, que dão uma  satisfação estética, uma vez que os cortes são menores e deixam cicatrizes diminutas e imperceptíveis e têm uma rápida recuperação, permitindo um retorno breve às atividades profissionais”, acrescenta o urologista. 

Ele acrescenta que o Mater Dei Santa Clara oferece também outros exames urológicos, como o estudo urodinâmico, que avalia a incontinência urinária nas mulheres e a obstrução urinária nos homens; a cistoscopia, que permite visualizar o interior do canal urinário com uma câmera; e a biópsia de próstata, que é realizada com sedação para minimizar o desconforto e diagnosticar o câncer de próstata. 

Uroginecologia – esta área da medicina se dedica ao estudo e ao tratamento das disfunções do trato urinário e do assoalho pélvico feminino. Essas disfunções podem afetar a qualidade de vida das mulheres, causando problemas como incontinência urinária, infecções urinárias, bexiga hiperativa, prolapso genital, entre outros. 

No serviço oferecido pelo Mater Dei Santa Clara, o tratamento cirúrgico consiste na colocação de uma faixa de material sintético (sling) sob a uretra, para dar mais sustentação e evitar a perda de urina. Além disso, a equipe orienta sobre o tratamento clínico e a fisioterapia do assoalho pélvico, que são medidas importantes para prevenir e tratar as disfunções uroginecológicas.

 

About DINO

Check Also

Mercado de importação de pedras naturais segue em expansão

Nos últimos anos, as importações de pedras naturais para decoração e construção têm experimentado um …