Home / Notícias Corporativas / Propagandistas são considerados importantes para atualização médica

Propagandistas são considerados importantes para atualização médica

Segundo pesquisa realizada em julho de 2022 com a participação de 620 médicos da região de São Paulo, uma das principais capitais de tratamentos médicos, 95,2% recebem visita de propagandista farmacêutico em seu consultório de atendimento. A maior frequência das visitas recebidas pelos médicos é semanalmente, como apontaram 47,6% deles, seguido das visitas mensais 28,57%, quinzenais 14,29%, diárias 4,76% e de quem não recebe visita 4,76%.

Na era tecnológica onde a atualização das informações é de fácil acesso, 95,2% dos médicos consideram que o propagandista traz atualização de medicamentos e tratamentos para seu conhecimento e 76,2% acreditam que talvez não chegassem a conhecer ou demoraria a ter conhecimento dos mesmos.

Para Juliana Doirado Aggio Rocha, especialista em marketing estratégico com foco na indústria farmacêutica, o propagandista é altamente capacitado e treinado pelas indústrias para levar atualização para a classe médica. “As indústrias farmacêuticas possuem equipes de treinamentos, dedicados a preparar materiais, aulas e estudos aos propagandistas”, afirma. “Outro ponto importante é que também são capacitados em como levar e apresentar a informação aos médicos para que possam entender e reter a nova atualização do mercado”.

Rocha destaca que, o avanço da tecnologia, permite que a ciência descubra novos medicamentos e tratamentos de forma muito mais rápida do que antigamente, possibilitando melhor qualidade para o tratamento dos pacientes. “Através do propagandista, a atualização médica é mais rápida, impactando diretamente na população, que tem a oportunidade de fazer tratamentos medicamentosos modernos, de maior potência e com menos efeitos colaterais”

O resultado da pesquisa mostra que 47,6% dos médicos consideram importantes as atualizações que o propagandista leva, mas buscam outros meios para atualização de novos medicamentos. Por outro lado, 52,4% dos médicos consideram muito importante e mais rápido obter as atualizações por meio da visita do propagandista.

Para a especialista em marketing estratégico com foco na indústria farmacêutica, o ideal seria que todos os médicos tivessem atualizações dos tratamentos medicamentosos regularmente. Por outro lado, o alto número de pacientes agendados no dia, não permite que o médico consiga tempo para buscar informações e atualização. “Por isso, a visita do propagandista é fundamental para a atualização médica”, conclui Rocha.

 

https://www.linkedin.com/in/juliana-doirado-aggio-rocha-1209be0406/

About DINO

Check Also

Joe Kiani, fundador e CEO da Masimo, falará sobre IA na Cúpula Global de Segurança do Paciente no Chile

A Masimo (NASDAQ: MASI) anunciou hoje que seu fundador e CEO, Joe Kiani, será um …