Home / Notícias Corporativas / Evento de digital commerce inicia com debates sobre o futuro do varejo

Evento de digital commerce inicia com debates sobre o futuro do varejo

O VTEX DAY, um dos maiores eventos de digital commerce do mundo, começou nesta quinta-feira (11/4) com grandes nomes da Inteligência Artificial, apresentação de casos de sucesso e muito conteúdo sobre inovação para o varejo. “O cenário econômico e os seus desdobramentos trazem muitos desafios para o setor. Nosso objetivo no VTEX DAY é promover e apresentar ao mercado e ao ecossistema os melhores caminhos para que consigam solucionar esses desafios e alcançarem a lucratividade em seus negócios”, afirma Mariano Gomide de Faria, cofundador e CEO Global da VTEX.

Na abertura do Spotlight, palco principal do evento, o fundador e co-CEO da VTEX Geraldo Thomaz mediou um painel com Uri Levine, cofundador do Waze e autor do livro Apaixone-se pelo problema, não pela solução, e Zack Kass, futurista e ex-diretor de go-to-market da OpenAI, detentora do ChatGPT.

Thomaz falou sobre os impactos da IA no dia a dia e questionou os futuristas em relação às suas visões sobre os limites dessa tecnologia. Para Uri, a IA assume cada vez mais um papel de protagonista nas tarefas repetitivas no dia a dia, o que deve ajudar as pessoas a terem mais tempo para fazerem o que realmente amam. “A IA não vai mudar o que nos faz feliz, não vai substituir o tempo com nossa família e amigos”, afirma. Zack concorda: “a IA poderá substituir tudo. Só não podemos deixá-la substituir nossa capacidade de nos apaixonarmos. Podemos ser gentis com as máquinas, mas jamais encontrar mais conforto nas máquinas do que nas pessoas que nos cercam.”

Quando questionados a respeito dos limites que devem ser dados à IA, os especialistas compartilharam suas visões. Enquanto Uri afirma que os usuários já não estão preocupados com sua privacidade e diz acreditar que não deve haver limites, que estes devem ser avaliados conforme a inteligência artificial avança, Zack defende que cabe ao usuário definir se deseja abrir mão de parte de sua privacidade em troca de benefícios dados pelos serviços. ele exemplifica: “eu posso querer abrir meus dados de saúde em troca de saber se e quando corro o risco de ter uma parada cardíaca”.

As apresentações do palco Spotlight foram encerradas com Heather Hershey, diretora de pesquisa para comércio digital mundial da IDC. A pesquisadora apresentou ao público o conceito de comércio transcendente, que aproveita modelos de dados unificados e o poder da IA para fundir os modelos operacionais de comércio acelerando processos e aumentando resultados.

Tendências

O dia teve ainda muito conteúdo sobre inovação. Em um dos painéis no palco Trendsetter, Marcelo Pimentel, CEO do Grupo Pão de Açúcar, Alberto Sorrentino, CEO da Varese Retail, e Fernando Yunes, vice-presidente do Mercado Livre, conversaram sobre a crescente convergência em que as plataformas de mídia têm se transformado em marketplaces. Segundo Pimentel, as lojas do Grupo Pão de Açúcar são os maiores vendedores de alimentos no ecommerce, têm o maior programa de fidelidade do Brasil, e com o decorrer do tempo usaram esses dados para monetizar como um novo canal de negócios dentro do grupo. O executivo contou que o retail media começou como uma extensão do programa de fidelidade – para entender o comportamento e a jornada de compra – e, em 2023, gerou uma receita incremental de R$ 2,6 bilhões. Já o MercadoLivre, de acordo com Yunes, alcançou quase 456 milhões de anúncios em sua plataforma de retail media Mercado Ads. 

O comércio conversacional, aquele em que a comunicação entre o varejo e o consumidor acontece em tempo real para a conversão de uma venda, também foi assunto no primeiro dia do VTEX DAY 2024. Santiago Naranjo, chief revenue officer da VTEX, recebeu Guilherme Horn, head do Whatsapp para mercados estratégicos, para um papo sobre a evolução do digital commerce. Para Horn, o comércio conversacional é a terceira era do ecommerce. “As pessoas querem se comunicar com as marcas da mesma forma que se comunicam com amigos e família”, disse. “Um dos desafios para nós no WhatsApp é alinhar relevância da mensagem com alto retorno para a empresa. Quanto mais personalizada a mensagem, maior a conversão. A capacidade de personalização é chave para o sucesso”, completou.

Casos de sucesso

Mercado Livre e Samsung, outros dois clientes da VTEX, contaram como fizeram a melhor Black Friday de suas histórias. As empresas revelaram que reforçaram a parceria entre elas ao longo dos últimos quatro anos, otimizaram estratégias de entrega e relacionamento com clientes e fortaleceram ações de marketing, entre outras iniciativas. 

Resultados de negócios também foram assunto do VTEX DAY. A Electrolux, por exemplo, revelou como conseguiu aumentar em 50% a venda de sua loja física em 10 meses a partir da transformação digital. O cerne dessa transformação de vendas diretas ao consumidor (D2C) foi a habilidade da empresa em observar a necessidade da digitalização para o contexto das lojas físicas. Durante esse processo, a companhia implementou a “prateleira infinita”, funcionalidade do Sales App, aplicativo nativo da plataforma VTEX. 

Este movimento não apenas expandiu o alcance dos produtos disponíveis para os clientes, mas também proporcionou uma experiência de compra mais completa e satisfatória, gerando cada vez mais credibilidade para a marca, conforme contou Marcos Sitko, supervisor comercial de D2C da Electrolux. “Após a implementação digital nas lojas, nossa marca, que já era forte, está ficando cada vez mais forte. Fazer igual sempre foi feito, trará o mesmo resultado”.

About DINO

Check Also

STF amplia licença-maternidade para trabalhadoras autônomas

Uma nova decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) ampliou, por seis votos a cinco, o …