Home / Notícias Corporativas / Brasileiros buscam cada vez mais o seguro de vida

Brasileiros buscam cada vez mais o seguro de vida

A população brasileira está reservando uma parte de suas economias para se prevenir e garantir um pouco mais de conforto diante de situações inesperadas. É o que revela uma pesquisa realizada pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), mostrando que o seguro de vida teve um aumento no faturamento de 15,1% em 2022 no Brasil. A perspectiva é que essa porcentagem continue aumentando ao longo deste ano de 2023.

Após a pandemia de Covid-19, a contratação de seguros de vida teve um aumento significativo no Brasil e o que antes parecia ser um tabu, passou a ficar no radar de muita gente. Isto porque a população se viu diante de um mar de incertezas que pegou muita gente desprevenida 3 anos atrás: desemprego, crise econômica, pandemia global, morte de familiares e amigos.

Diante dessa situação, as pessoas passaram a considerar o seguro de vida como uma possibilidade de se sentirem mais confortáveis e com suporte diante das imprevisibilidades da vida, conforme explica Michelle Machado, gerente de Seguros do grupo imobiliário Auxiliadora Predial. “O seguro de vida garante coberturas que protegem tanto o próprio segurado, quanto seus dependentes. É uma forma de reduzir as eventualidades e assegurar o futuro”, reitera.

 

Como funciona e quais as vantagens

O seguro de vida garante o pagamento de uma indenização aos dependentes do beneficiário em caso de morte, minimizando o impacto financeiro daqueles que dependem dele mesmo em sua ausência.

A vantagem é que o beneficiário tem acesso de forma rápida à quantia em dinheiro, uma vez que, mesmo que o segurado tenha deixado uma herança, o processo de inventário pode ser demorado. O serviço se aplica a todas as fases da vida e é indicado tanto para quem está em fase de construção patrimonial, quanto para quem já tem um patrimônio consolidado.

Atualmente, existem ainda diversas coberturas dentro de um seguro de vida, inclusive para o próprio beneficiário, como indenizações por doenças graves, invalidez, acidente, entre outros. “Hoje em dia o mercado pode oferecer uma grande gama de seguros ativos. Isso mostra o quanto o setor está preparado para assegurar às pessoas no que elas precisarem e em qualquer fase de suas vidas, inclusive pagamento do seguro em vida para coberturas de doenças graves”, afirma Michelle.

Na contratação, a seguradora emite a apólice, que é um documento onde consta informações sobre as partes envolvidas, os riscos cobertos, a quantia que o segurado precisa pagar e o capital segurado em caso de indenização.

About DINO

Check Also

Joe Kiani, fundador e CEO da Masimo, falará sobre IA na Cúpula Global de Segurança do Paciente no Chile

A Masimo (NASDAQ: MASI) anunciou hoje que seu fundador e CEO, Joe Kiani, será um …