Home / Notícias Corporativas / Academias utilizam sistemas sem fio para organizar atendimentos e treinos

Academias utilizam sistemas sem fio para organizar atendimentos e treinos

Neste período em que a população, em sua grande maioria, está vacinada contra o novo coronavírus, muita gente sente a necessidade de se cuidar melhor, em busca de saúde e bem-estar físico.

No Brasil, em alguns estados, a mudança na fase de transição no processo de flexibilização das medidas restritivas relacionadas ao controle da transmissão do novo coronavírus permitiu a reabertura de alguns serviços, que tiveram seu movimento bastante reduzido na fase mais crítica da pandemia. Caso das academias, que puderam reabrir desde abril, no ano passado (no início, com restrição de horário e de quantidade de alunos), contanto que exigissem o uso obrigatório de máscara, disponibilizassem álcool em gel e promovessem o distanciamento de 1,5 m.

De acordo com o Sindicato das Academias de São Paulo, em 2021, as academias perderam, em média, 50% dos clientes. O sindicato não divulgou quantos estabelecimentos foram fechados permanentemente no período mais crítico da pandemia, mas a estimativa é de que esse número tenha passado de 1.500 em todo o estado.

Mesmo com dificuldades, segundo o Sebrae Nacional, tudo o que atende à demanda de bem-estar e saúde, como academias, equipamentos ligados ao setor ou suplementos, tem demonstrado uma retomada.

Com a disseminação da variante Ômicron, porém, que voltou a elevar o número de contaminados e de internações no Brasil e no mundo, diversos estados resolveram retomar ou adotar novas medidas de restrição para a realização de determinadas atividades. Assim, muitas academias voltaram a respeitar a exigência de até 70% da capacidade de alunos em seus espaços e passaram até a exigir o comprovante de vacinação.

Sistema de apoio no ambiente de academias

Higienização constante, controle do número de pessoas, disponibilização de álcool em gel e uso obrigatório de máscara se tornaram medidas imprescindíveis no momento atual nesses ambientes. Além desses cuidados com a segurança dos alunos, as academias, buscando um crescimento no número de frequentadores, se esmeram em oferecer equipamentos que facilitem a prática das modalidades no local.

Baseados na tecnologia dos sistemas sem fio, existem aparelhos que, quando o aluno precisa de orientação, pode acionar um botão e seu número é exibido em um painel de LED em local estratégico.

Essa tecnologia é fornecida pelo sistema Psiu Fit. “Os botões de chamar do Psiu Fit nos aparelhos das academias melhoram a qualidade do serviço prestado, pois o aluno não precisa interromper seu exercício para chamar a atenção do instrutor. E se, no atendimento do chamado, o instrutor é interpelado por outro aluno, o primeiro que chamou vai continuar esperando a sua vez”, detalha José Rubens Almeida, diretor da Psiu Sem Fio.

Isso acontece porque o Psiu Fit organiza a fila de chamados e o instrutor só apaga o chamado quando ele chega no aparelho para atender o aluno. “Quando os botões de chamada são acionados, eles formam uma fila de números no painel na sequência que chegaram e o instrutor deve seguir a ordem desta fila para realizar o seu atendimento. Assim, nenhum aluno vai reclamar que ninguém o atende, já que o chamado só pode ser apagado no próprio botão que chamou”, ressalta José Rubens.

Além disso, por meio do software Psiu Tempo, o Psiu Fit também grava os chamados e os atendimentos permitindo gerar um relatório com todos os chamados e com o tempo que foi gasto para atender cada um. “Prestar serviços e dar um bom e rápido atendimento ao cliente é o grande diferencial entre as empresas de fitness, já que os aparelhos e as mensalidades são muito semelhantes”, afirma.

Mais informações: www.psiusemfio.com.br

About DINO

Check Also

Pesquisa revela que maioria dos brasileiros estava com sobrepeso em 2021

Uma pesquisa realizada pelo Vigitel, revelou que, em média 57,25% da população do Brasil estava …