Home / Notícias Corporativas / Smile Train lança campanha sobre fissura labiopalatina

Smile Train lança campanha sobre fissura labiopalatina

A Smile Train, organização dedicada à causa da fissura labiopalatina, acaba de lançar a campanha “Há sorrisos que mudam vidas”, com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre a fissura labiopalatina e a importância do tratamento multidisciplinar.

A fissura labiopalatina é uma condição craniofacial que pode afetar o lábio e/ou céu da boca (palato) e ocorre quando certos elementos e estruturas do corpo não se fundem durante o desenvolvimento fetal. Estudos mostram que a cada três minutos, um bebê nasce com fissura labiopalatina no mundo. No Brasil, estima-se que mais de quatro mil bebês nascem com a condição anualmente.

Muito além de uma questão estética, crianças com fissura labiopalatina, quando não tratadas, podem ter dificuldades para comer, ouvir, falar e até respirar, além de sofrer bullying e exclusão social. “O objetivo da Smile Train é, por meio da campanha, alcançar pessoas com fissura labiopalatina que, por várias razões, não tiveram a oportunidade de fazer o tratamento. A organização almeja que, cada vez mais, as pessoas tenham acesso a uma abordagem multidisciplinar e de alta qualidade, que envolve diversos especialistas e profissionais de saúde. O intuito é um só: que elas possam ter uma vida plena, saudável e produtiva”, explica Rafael Custódio, diretor da Smile Train Brasil.

“A campanha tem forte presença no ambiente digital, por meio das nossas redes sociais como Instagram e Facebook e em diferentes espaços públicos e urbanos em São Paulo, Bauru, Recife, Natal, João Pessoa, Belém, Boa Vista e Manaus. No site da Smile Train, é possível obter mais informações e orientações”, reforça Marina Marot, diretora de Marketing e Comunicação da Smile Train para a América Latina e Caribe. 

A instituição também oferece meios não cirúrgicos para o tratamento de fissuras, que envolvem serviços de fonoaudiologia, ortodontia, nutrição, apoio psicossocial e assistência odontológica. “O modelo sustentável da Smile Train permite promover a formação e capacitação de mais profissionais, para que eles estejam aptos a oferecer tratamentos e cirurgias seguras e de qualidade, em suas próprias comunidades”, acrescenta o cirurgião plástico Nivaldo Alonso, chefe técnico da seção de cirurgia craniofacial do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) e membro consultivo da Smile Train.

Em 2022, a Smile Train Brasil alcançou o marco de 50 mil cirurgias realizadas no país. No mundo, a Smile Train já apoiou e financiou mais de 1,5 milhão de cirurgias desde 1999, em mais de 90 países, juntamente com mais de 1.100 hospitais parceiros e mais de 2.100 profissionais médicos que trabalham com o compromisso para mudar o mundo, um sorriso de cada vez.

About DINO

Check Also

Empresa explica sobre como evitar a queda de tensão

A queda de tensão é um problema que pode causar diversos transtornos para a instalação …