Home / Notícias Corporativas / Festas de fim de ano exigem cuidado especial com saúde

Festas de fim de ano exigem cuidado especial com saúde

As festas de fim de ano são um momento de celebração, no entanto, especialistas advertem que, em meio à alegria, é importante não deixar a saúde do coração em segundo plano, especialmente quando se trata da pressão arterial.

A pressão alta é um dos principais fatores de risco para ataques cardíacos e derrames. Estudos indicam que problemas cardiovasculares aumentam após o fim de novembro, atingindo o pico no início do ano. O principal motivo seria a negligência à saúde comum nesta época.

O estresse associado às festas pode aumentar o risco de hipertensão, por isso é importante estabelecer limites, evitando excessos alimentares e consumo exagerado de álcool.

Para manter a pressão arterial sob controle, a primeira dica é pensar antes de se deliciar com as ceias dos encontros. “Se você tem hipertensão, tem que estar ciente do que está comendo”, afirma a cardiologista Erika Campanha, professora adjunta do Departamento de Doenças do Tórax da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e especialista da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Segundo a médica o ideal como estratégia é fazer uma refeição saudável antes de sair de casa.

Outra dica é analisar todas as opções de alimentos disponíveis antes de começar a se servir. “Assim a pessoa tem possibilidade de escolher opções mais saudáveis, e não encher o prato com alimentos com alto teor de sódio”, aconselha.

A cardiologista, inclusive, ressalta que controlar o consumo de sódio é desafiador, mas essencial. “O sódio em excesso aumenta a pressão arterial, e muitos alimentos processados são ricos em sódio. Por isso, é interessante limitar o consumo de alimentos enlatados, preservados e embalados”, afirma. Erika Campana ressalta ainda que o consumo exagerado de álcool também pode elevar a pressão arterial.

Já para aqueles que fazem uso de medicamentos para controle da pressão, a sugestão é utilizar aplicativos de rastreamento ou alarmes para garantir a consistência no tratamento. “No Brasil já existe um aplicativo gratuito e aprovado por várias sociedades médicas, chamado “Elfie”, permite o monitoramento da saúde e incentiva os usuários a monitorarem a pressão arterial, tomar medicamentos e se exercitar”, indica Erika Campana.

Com a temporada festiva batendo à porta, estar atento aos sinais e sintomas de que a pressão arterial não está dentro dos parâmetros permite que as festas sejam saudáveis para todos e transcorram sem sustos inesperados.

About DINO

Check Also

Três organizações sem fins lucrativos ganham US$ 1 milhão em subsídios da HCLTech para projetos de ação climática nas Américas

HCLTech, uma empresa líder mundial em tecnologia, anunciou hoje que a Argilando (Brasil), a No. …