Home / Notícias Corporativas / Especialista explica as diferenças entre cozinhas planejadas

Especialista explica as diferenças entre cozinhas planejadas

Uma pesquisa recente revelou que 87% dos brasileiros compartilham o sonho da casa própria. Entre o público mais jovem, entre 21 e 24 anos, a taxa chega a 91%, segundo os resultados do estudo encomendado pela plataforma Quinto Andar e realizado em parceria com o Instituto Datafolha.

A análise indica que 85% dos cidadãos dividem o imóvel com outras pessoas. Destes, 37% vivem sob o mesmo teto que os filhos, parceiros (23%) e pais (10%). A sondagem sobre moradia e comportamento de proprietários e inquilinos coletou dados de 3 mil pessoas de todo o Brasil

Neste ponto, segundo Priscila Prieto, CEO da Prieto Móveis, empresa especializada em móveis planejados, há uma série de elementos que aqueles que estão se planejando para a aquisição de um imóvel devem considerar – sobretudo aqueles que pretendem comprar um apartamento -, como os móveis planejados.

Entre outros pontos, segundo ela, é necessário considerar que há uma série de diferenças entre as cozinhas que são planejadas por fábricas, em uma escala maior de produção, e aquelas projetadas por marcenarias.

Cozinhas planejadas por fábricas versus marcenarias

Prieto conta que a cozinha planejada de fábrica é personalizada tanto em larguras e alturas, como em profundidade, mas com determinadas limitações. Ela explica que cada fábrica trabalha com o seu limite, considerando que só trabalha com produtos de 90 graus. “Já a marcenaria, por sua vez, é um produto totalmente personalizado em altura, largura e profundidade, conseguindo acompanhar o esquadro da parede”. 

A empresária lembra que já trabalhou, há alguns anos, com o móvel modulado, que consiste em módulos prontos que se encaixam no ambiente.

“O móvel modulado segue o mesmo formato de LEGO, limitando o real aproveitamento de espaço. Hoje, trabalho com o móvel planejado de fábrica e planejado na marcenaria – ambos planejados, mas com funcionalidades diferentes”, complementa.

A CEO da Prieto Móveis destaca que o móvel planejado de fábrica é muito usado para apartamento ou ambiente com o esquadro de 90 graus, onde é feito a personalização de altura, largura e profundidade – com limitação. 

“Já o móvel planejado de marcenaria requer mais atenção, pois pode ser feita a personalização de esquadro do móvel e personalização referente às medidas maiores”, complementa. 

Para mais informações, basta acessar: https://www.prietomoveis.com.br/

About DINO

Check Also

Empresa explica sobre como evitar a queda de tensão

A queda de tensão é um problema que pode causar diversos transtornos para a instalação …