Home / Notícias Corporativas / Congresso reúne especialistas para discutir o futuro da endocrinologia

Congresso reúne especialistas para discutir o futuro da endocrinologia

Entre os dias 3 de 7 de setembro a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) realiza, em São Paulo, a 35ª edição do Congresso Brasileiro de Endocrinologia e Metabologia (CBEM). Como tema central Ciência hoje para o amanhã, o evento, que acontece a cada dois anos, reúne expoentes da especialidade e abordará as principais novidades e diretrizes da área de atuação.

Em 2022, o Congresso Brasileiro de Endocrinologia e Metabologia (CBEM) chega à sua 35ª edição. O encontro, que é o terceiro maior do mundo na especialidade, tem como objetivo trazer informação atual e de qualidade para a área de atuação e, com esse objetivo, contará com mais de 350 palestrantes, 21 deles internacionais, sendo quatro enviados pela Endocrine Society e dois pela Sociedade Europeia de Endocrinologia. Essa edição do congresso celebra também o número de 580 trabalhos enviados, um dos maiores já alcançado nas edições deste evento. 

Logo no primeiro dia, serão abordados assuntos científicos que envolvem questões relacionadas a gênero e etnias, como acesso à saúde e tratamento hormonal para pessoa trans na rede pública e disparidades endócrinas relacionadas a questões raciais. Destaque para oficina com tema Estruturando o manejo da pessoa trans, que abordará questões como avaliação pré-hormonização, terapia hormonal no homem trans, terapia estrogênica e antiandrogênica na mulher trans e monitorização do tratamento na pessoa trans. “Nossa sociedade mudou e evoluiu, e nós, médicos, precisamos acompanhar todas essas transformações. Neste sentido, programamos diversas mesas e sessões que abordam temas relacionados à diversidade e equidade com o objetivo de promover uma maior inclusão”, destaca Paulo Augusto Carvalho Miranda, vice-presidente da SBEM e presidente da comissão científica do 35º CBEM.

Outro enfoque do encontro serão as novas drogas para tratamento da obesidade introduzidas este ano no mercado brasileiro e a nova conceituação da obesidade, que propõe uma classificação baseada não apenas no IMC (Índice de Massa Corporal), mas no peso máximo atingido em vida (MWAL – Maximum Weight Attained in Life). Destaque para o painel “O futuro do tratamento da obesidade: novas técnicas cirúrgicas e medicamentos mais eficazes”, que será realizado na segunda-feira, 5 de setembro. 

“Acreditamos na Ciência e que o investimento nela vai proporcionar uma vida melhor para todos nós. Por isso buscamos trazer para este congresso as principais novidades da Endocrinologia, com enfoque em temas como transgeneridade, novos tratamentos para obesidade, repercussões endócrinas dos tratamentos oncológicos, medicina de precisão, o manejo de doenças endócrinas raras, dentre outros”, destaca Marise Lazaretti Castro, presidente do CBEM 2022.

A medicina de precisão aplicada à endocrinologia, com uso da biologia molecular para melhorar diagnósticos e condutas, será também destaque no CBEM 2022. Além disso, o evento terá um workshop sobre endocrinologia oncológica e o papel do endocrinologista na condução dos pacientes oncológicos para controle do tratamento, efeitos colaterais e após a cura. “Queremos chamar a atenção dos médicos para o tema, falar sobre novas drogas para o câncer e suas implicações endócrinas, mostrando a importância de oncologistas e endocrinologistas caminharem juntos no tratamento”, destaca Paulo Augusto Carvalho Miranda. 

Segundo Marise Lazaretti Castro, presidente do CBEM 2022, a expectativa para o encontro presencial após dois anos de hiato é alta. “Os encontros on-line foram de extrema importância em um momento crítico de pandemia, mas a troca presencial é mais rica. A interação que acontece, não somente durante as aulas, mas nos corredores do congresso é o que proporciona novas discussões, alianças, parcerias e colaborações”, destaca. São esperados mais de 4 mil participantes nos cinco dias de evento. Todas as medidas sanitárias do Governo do Estado de São Paulo e do Governo Federal para o setor de eventos serão respeitadas. 

 

About DINO

Check Also

Joe Kiani, fundador e CEO da Masimo, falará sobre IA na Cúpula Global de Segurança do Paciente no Chile

A Masimo (NASDAQ: MASI) anunciou hoje que seu fundador e CEO, Joe Kiani, será um …