Home / Notícias Corporativas / Chás no inverno: o consumo da bebida é sinônimo de sabor e benefícios à saúde

Chás no inverno: o consumo da bebida é sinônimo de sabor e benefícios à saúde

 

O inverno chegou. E, em um país de dimensões continentais, como o Brasil, essa estação do ano não é igual em todos os estados. Enquanto o frio mais intenso e seco pode ser sentido na região Sul, no Norte o período é marcado por chuvas.

Uma coisa, no entanto, não muda: o chá pode ser um poderoso aliado nessa época. Afinal, além de aquecer o corpo e a mente, ele é um importante aliado na hidratação. Opção saudável para o dia a dia, que pode ser tomada fria ou quente, as infusões são segunda bebida mais consumida do planeta – atrás apenas da água.  

E é justamente no inverno, aliás, que o consumo tende a aumentar. Nessa época, a categoria de chás, em geral, responde por aproximadamente por 36% das vendas do ano.

Para cada brasileiro, um tipo de chá

De acordo com Flavio Andrade, Gerente de Trade & Marketing da Leão Alimentos e Bebidas, o consumo de chás no Brasil reflete as características das regiões brasileiras. “No Sul do País, há uma predominância de consumo de erva mate, diferente do Nordeste que tem uma preferência para ervas básicas, como a camomila, erva doce, cidreira, hortelã. E no Rio de Janeiro, o hábito de tomar chá mate gelado ganhou a preferência dos cariocas e invadiu as praias”, destaca Andrade.

O profissional ressalta ainda que, apesar do comportamento do consumidor variar de acordo com a região, o chá ainda é tradicionalmente associado ao inverno. E, como o Brasil é um país tropical cujas temperaturas variam com o passar dos dias e em e cada região, já é possível encontrar no mercado hoje opções de preparo em água gelada.  

Quem nunca tomou um chá quando estava resfriado?

O consumo de chás também está cada vez mais o chá é associado à saúde. Presente na vida de milhares de pessoas ao redor no mundo, as infusões são comumente utilizadas por suas propriedades terapêuticas e funcionais que podem atuar como estimulantes, digestivos, anti-inflamatórios, calmantes, entre outros.

De acordo com Flávio Andrade, produtos que estejam relacionados com benefícios funcionais são os mais procurados. “Verifica-se que muitas pessoas com sintomas de gripe e resfriados consomem chás com propriedades que auxiliam o bem-estar, como erva doce e hortelã”, explica. Além deles, infusões que contribuem para o relaxamento, como a camomila e cidreira, ou ainda chás que proporcionam energia, como chá mate, chá preto e chá verde, despertam o interesse do público.

 

 

About DINO

Check Also

Movimento Bem Maior fomenta cultura de doação em todo o país

Com a ideia de apoiar e oferecer bases aos projetos sustentáveis e de capacitação junto …